Qual os nutrientes necessários para deixar seu bebê mais saudável

A gravidez é um momento delicado e por isso sua alimentação deve estar sob controle. Pois há alguns nutrientes que são importantíssimos para seu bebê.  As escolhas são muito importantes e a responsabilidade pela saúde dos dois é da mulher, que precisa fazer o melhor para gerar uma criança saudável.

 

Confira a lista dos nutrientes:

Ácido fólico: evita malformações genéticas no bebê, partos prematuros e baixo ganho de peso. É encontrado no fígado, vegetais de folhas verdes, feijões e gérmen de trigo.

Ferro: Previne e tratar a anemia da mãe e do bebê. É encontrado no fígado, carnes vermelhas e vegetais

Vitamina A: é importante para o crescimento e para a formação dos olhos. Suas fontes são as frutas e legumes de cor amarela e laranja, além dos vegetais de folhas verde- escura.

Vitamina B1: responsável pela produção de energia, também auxilia no metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Importante na formação do cérebro. É encontrada em carnes magras, fígado, coração, gema de ovo, castanhas, ervilha, soja, feijão-branco, lentilha e pão integral.

Vitamina B2: é importante para a formação do tecido muscular e do feto como um todo. Presente no leite e seus derivados, fígado, vegetais com folhas verdes, cereais e pães integrais.

Vitamina B6: ajuda a desenvolver o sistema nervoso central. É encontrada em carnes, ovos, vegetais com folhas verdes, cereais integrais.

Vitamina B12: ajuda na formação do sangue. A deficiência causa anemia e alterações neurológicas. Principais fontes são fígado, ovos, leite e derivados.

Vitamina C: combate infecções, age no sistema imunológico e na reparação celular. A deficiência provoca várias doenças e causa risco de aborto. É encontrada nas frutas cítricas, como laranja, limão, acerola e morango. Também está presente nas folhas de vegetais crus, brócolis, repolho e espinafre.

Vitamina D: auxilia na formação dos ossos do bebê e aumenta a absorção de cálcio e fósforo. A falta no organismo pode provocar bebês de baixo peso ou raquitismo. As principais fontes são óleo de fígado de peixe, e peixes em geral.

Vitamina E: ajuda a proteger as células do feto dos radicais livres. A falta pode causar disfunções neurológicas, anemia nos bebês e até rico de eclampsia. Está presente no germe de trigo, amêndoas, avelãs e óleos vegetais.

Cálcio: importante para a formação dos ossos e dos dentes. Atua no crescimento do bebê e na função cardíaca. Principais fontes são o leite e seus derivados, carnes, ovos, vegetais, amêndoas e semente de gergelim.

Zinco: é essencial na defesa imunológica e na cicatrização e a falta causa risco de mortalidade materno-fetal, aborto, malformações, baixo peso do bebê, prematuridade e trabalho de parto prolongado. Principais fontes: carnes bovinas, frango, peixe, camarão, ostra, fígado, grãos integrais, cereais, legumes e tubérculos.

Ômega-3: importante para o desenvolvimento cerebral e para a formação da retina. Encontrada em peixes de carne escura como salmão, atum, cavaquinha, truta, sardinha e tilápia.

 

Curtiu essa lista? Então confira nossos últimos post para ficar por dentro de tudo que rola aqui no blog da Nasce.

Alguns cuidados com as crianças que você deve ter no Verão

Nomes para bebês que serão tendência em 2019